segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Cerveja em homenagem ao título do Vascão.

A cerveja produzida na minha segunda brassagem ficou pronta e já está sendo degustada por familiares e amigos. Feita no dia 12 de outubro, ficou um mês fermentando e maturando, e justamente quando o meu Vascão foi campeão da segunda divisão, na sexta-feira dia 13 de novembro, ela foi degustada pela primeira vez.



A escolha pela cerveja de trigo, um dos tipos de cerveja que mais admiro, não foi por acaso. As cervejas de trigo são denominadas WEISS, e assim ficou fácil dar nome a minha segunda cerveja. Apresento a Cerveja Weissco da Gama.

Foto: Rótulo da Weissco da Gama.


Festa vascaína do Maracanã.

Depois de assistir ao título vascaíno pela TV, tomando a Weissco da Gama, a festa continuou com o tradicional chopp do Pinguim de Ribeirão Preto (SP).

O sentimento vascaíno nos trouxe de volta!!
O tetracampeão voltou!!
Viva a Weissco da Gama, viva meu querido Vascão!!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Cerveja nas camisas dos clubes de futebol.

A Cerveja sempre esteve ligada ao futebol, apesar da relação polêmica entre bebidas alcoólicas e esporte. Muitos clubes de futebol de todo o planeta já foram, ou são, patrocinados por fábricas de cervejas. Capturamos algumas das belíssimas e tradicionais camisas que levam patrocínio de cervejas.

C.A. River Plate, um gigante argentino patrocinado pela BUD.

CERVEJA BUDWEISER.

A tradição escocesa do Celtic F.C., patrocinado pela Carling.

CERVEJA CARLING.

A mística e força do Liverpool F.C., patrocinado pela CARLSBERG.

CERVEJA CARLSBERG.

O Benfica, maior clube da história do futebol português,também patrocinado pela CARLSBERG.

Cerveja QUILMES, uma tradição argentina.

C.A. Boca Juniors, outra tradição da terra de Gardel, Evita e Diego.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Uma nova cerveja em Ribeirão Preto.

Ribeirão Preto, terra da Colorado, está ganhando mais uma cervejaria, a LUND.
Os amigos fãs de cerveja estão sendo premiados com degustações das receitas do mestre cervejeiro Evandro, que está buscando através da opinião dos que conhecem uma boa cerveja as receitas definitivas para lançamento no mercado.
Participei de uma das degustações, e posso afirmar que as duas receitas estão fabulosas, a Pilsen e a Munique.

A Lund Munique tem um sabor torrado no ponto, bom corpo e uma espuma deliciosa, fantástica!

Degustando uma Lund Pilsen: lupulada, não-filtrada, levinha! Surpreendente para uma pilsen!

Os maltes e a sala de moagem dos grãos.

Evandro explicando todo o processo de suas cervejas.

Um brinde para a LUND.

Fonte das Fotos: Empório Biergarten (Marcelo e Gabriela).

E para uma homenagem a nova cervejaria, nada como o velho e ótimo rock and roll. Como degustamos dois tipos de cerveja, vamos curtir um vídeo com a histórica reunião de duas grandes bandas da história da música, Led Zeppelin e Aerosmith.
video

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A Primeira Oktoberfest da Minha Família - Ribeirão Preto - 31/10/2009.



A primeira Oktoberfest de toda a nossa família aconteceu no último dia 31 de outubro. O Empório Biergarten de Ribeirão Preto, comemorando seu primeiro aniversário, recebeu os amigos e fãs das cervejas artesanais e especiais, para comemoração em uma deliciosa festa, bem no estilo alemão.

Foto: Um brinde familiar.

O dia quente, quase fervendo, de Ribeirão Preto foi apenas mais um estímulo para o consumo de cervejas produzidas por verdadeiros alquimistas. O ritmo das músicas alemãs deixou a galera ainda mais animada.

Foto: Luca Vasco animado com a música alemã.

Foram 600 litros de cerveja na Oktoberfest de Ribeirão. Tivemos Colorado, Lund, Cevada Pura, Bamberg em barris, long necks da Eisenbahn e Black Sheeps e Schlenkerlas (fornecidas pela Casa da Cerveja) e ainda cervejas caseiras do Luis (Celta), do Gustavo e o Conselho de Segunda, do Zé Virgílio (Pratinha) e ainda brassagem coletiva realizada pelo Renato e o Rodrigo — todos homebrewers de Ribeirão. Tivemos a grata surpresa de poder degustar a primeira cerveja do Tarcísio (também de Ribeirão), dos Lamas (de Campinas) e também do Rafael Aquino (de Uberlândia). Fonte: Blog Empório Biergarten.

Foto: Barris de muito tipos diferentes de cervejas.

Além das bebidas, salsichão alemão, aperitivos como batata na conserva, amendoins, queijos. E aí, churrasco e pra fechar, canja. O melhor de tudo foi a banda composta por músicos da Orquestra de Ribeirão Preto, que tocou músicas alemãs.

Foto: Tricia curtindo a festa feliz da vida.

Festa familiar e muito divertida, com 150 convidados degustando cervejas de verdade, e não as famigeradas cervejas comerciais dos monopólios da bebida, com seus cereais não malteados.

Foto: As produções caseiras, todas maravilhosas. A Wit Bier do Mestre Cervejeiro Luis, feita com capim cidreira, simplesmente inesquecível!

Confesso que fiquei emocionado com os elogios e comentários da galera durante a degustação de minha primeira cerveja. Agradeço a todos os amigos da Acervinha, ao Luis e ao mestre cervejeiro carioca Leonardo Botto, que também estava presente na Oktoberfest e foi o mestre do meu primeiro curso de produção de cerveja caseira.

Foto: Minha FIRST STOUT BEER presente e aprovadíssima pela galera!

Foto: Muita cerveja boa também de garrafas.

Um sentimento estava presente na festa, valorizando as cervejas de qualidade, produzidas verdadeiramente com riqueza de ingredientes nobres, malte de cevada e especiarias variadas. Para a galera, Ribeirão Preto não deveria ser mais conhecida como a cidade do Pinguim, e sim a terra da Cerveja Colorado, grande exemplo de sucesso e cervejas de qualidade.

Foto: Adultos no puro malte, bebês na pura papinha!

Foto: A galera da Acervinha zoando na festa! Uh, Uh, é Acervinha!!

A Acervinha, associação dos cervejeiros caseiros de Ribeirão Preto e região, comemorou o sucesso da festa, vibrando com o maravilhoso movimento cultural e etílico de novos cervejeiros. Ribeirão Preto está se tornando uma referência quando se fala de cerveja caseira e artesanal.

Foto: Um brinde dos cervejeiros a Oktoberfest do Biergarten. Até o ano que vem!!