segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Dia 12/10/2009 - Segunda Brassagem.

Segunda-feira, feriadão, família no sítio, quer um momento mais especial para se fazer cerveja!
Realizei minha segunda brassagem no feriadão de 12 de outubro. Diferentemente da primeira cerveja, uma STOUT, desta vez optei por uma cerveja de trigo.

Foto: pesando os maltes.

Foram utilizados 3 Kgs de malte de trigo claro e 2 Kgs de malte pilsen, buscando obter algo próximo de 20 litros de cerveja. Realizamos uma moagem de grãos diferente para cada um dos tipos de grão, visando expor o endosperma dos grãos, sem esfarelar demasiadamente os cereais malteados, para não prejudicar a filtração do mosto.

Foto: Malte após moagem.

O início da brassagem deu-se às 8 horas da manhã, logo após um café típico de sítio.
Meu querido pai mais uma vez foi meu "co-piloto" na brassagem, ou melhor, "co-mestre cervejeiro", rsss...
Para dar sorte e entrar no clima, brindamos a nova brassagem degustando minha primeira "cria", uma FIRST STOUT BEER

Foto: Paizão, eu e o sogrão.

Foto: Maltes liberando suas enzimas no panelão já acima dos 60°C.

Optamos por fazer um cerveja de trigo mais amarga e aromatizada, assim caprichamos na lupulagem. Utilizamos 20 gramas de lúpulo de amargor aos 60 minutos da fervura, 10 gramas de lúpulo de aroma a 20 minutos e mais 10 gramas de lúpulo de aroma faltando 10 minutos para concluirmos a fase da fervura.

Foto: Pesagem do lúpulo.

O tempo total de fervura foi de 70 minutos.
O resfriamento feito com gelo em grande quantidade, colocado dentro de um panelão com um chiller, conseguiu reduzir a temperatura da futura cerveja de 100 °C para 20°C em pouco menos de uma hora, um tempo mais do que interessante.

video
Vídeo: Sistema de resfriamento pós-fervura.

A transferência do líquido para o balde de fermentação, com a colocação das leveduras, marcou o final da segunda brassagem, e ocorreu às 15:30 hs, totalizando o tempo de todo o processo em 7 horas e meia. Comparada com a primeira brassagem, que durou 10 horas, já evoluímos na metodologia e equipamento, reduzindo consideravelmente o tempo, sem prejuízo de todas as etapas previstas e necessárias.

Foto: Comemorando o final da brassagem com o Paizão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário